15 abril, 2008

Luiz Renato de Souza Pinto

Acontece que a poesia despe a ortografia
rasga o verbo
rompe a fala
torce o rabo
e dobra a língua.


Fonte: Panorama da Atual Poesia Cuiabana (1986)


Nenhum comentário: