02 maio, 2016

Vagner Braz

O DESENCONTRO DE UM ENCONTRO

Para Chayenne Brito e Renata Maria Zocal


Não somos perfeitos e ninguém o é
Vamos salvar a poesia
Que ao versar suas palavras
Eterniza as coisas, os seres,
.....................
............................
....................................
..........................................
................................................
Os tempos... O tempo!
Etc.
Etc.
Etc.
Assim é a vida,
Nascemos de um encontro,
E de incontáveis encontros e vivências,
Vamos participando e celebrando.
O importante nessa travessia da vida
É que levamos marcas
Que norteiam e estruturam
Nosso jeito de ser e de viver
O desencontro de um encontro.

Um comentário:

Rubem Dutra disse...

Falou garoto, faz tempo que não via seus escritos, também esta muito ocupado com seus livros, gostei do que escreveu sobre a vida, mesmo ela sendo muito complicada, cada dia um obstáculo diferente,a nossa vida é uma torre que queremos alcançar tudo passo a passo, começamos cheio de sonho e desejos, com vigor e ansiedade, cada degrau vamos amadurecendo e percebendo que a nossa meta é só subir a cada degrau, cada degrau que ficou para traz, nos dá o sabor da vitória, a motivação e a alegria e a felicidade que nos faz a vida boa de se viver, pois nossas vidas inteira só se resume só em subir! Mas muitos tentaram subir sem passar por cada degraus, acabam chegando no lugares errado e se deu mal na vida, tem vez que escrevo coisas loucas enigmáticas, tem ter criatividade para intender.,abraços