19 maio, 2018

Antônio Sodré

Dizem que as paredes têm ouvido,
mas as de vidro têm olhos.

Um comentário:

Mirian Marclay Melo disse...

Adorei. Você é um dos melhores poeta de MT. Muito bom ler algo seu. Fica meu convite para meu blog: www.lirismoflordapele.blogspot.com