terça-feira, outubro 1

Helena Werneck

ESSÊNCIA
Somos um amontoado de coisas velhas e usadas
Risos que ecoam pra sempre
Lágrimas que banham os rios do mundo
Histórias antigas
Medos coerentes e outros nem tão coerentes assim
E no fim uma camada tênue do que realmente somos

Pó de pirlimpimpim.

Nenhum comentário: